CONHECENDO A GESTALT [PARTE- 2]

Este artigo é a parte 2 da série de artigos “Conhecendo a Gestalt“, para um melhor aprendizado leia “Conhecendo a Gestalt [PARTE- 1]

Origem da Gestalt

O estudo da Gestalt foi proposto em meados de 1890 na psicologia e filosofia contemporânea pelo filosofo austríaco Christian Von Ehrenfels em sua dissertação na Escola de Graz que trazia a Ideia de supersoma e transponibilidade. Antes de Ehrenfels, os estudiosos da época buscavam explicar os fenômenos psíquicos pelos elementos em vez do conjunto.

A Escola de Graz

Conhecida também como corrente dualista a Escola de Graz recebeu a alcunha de dualista por identificar dois processos distintos na percepção sensorial, sendo esses a sensação e a representação. Outros teóricos da época defendiam a corrente monista, pois diferente dos dualistas eles defendiam que o extra-sensorial não podia ser dissociado do material, passando a ideia de que você não percebe a nota ou a melodia, mas sim o resultado final que é a música!

Sensação e Representação

sensação é a percepção física dos elementos próprios de uma composição, como o formato de um objeto ou as notas de uma música. São elementos próprios dos elementos percebidos. Já a representação é o sentido percebido da composição, como a forma visual do objeto ou melodia de uma música. Esse processo é extra-sensorial e é própria da percepção humana sobre o objeto.

Supersoma e Transponibilidade

Como dito a cima a supersoma e a transponibilidade foram conceitos apresentados por Ehrenfels em 1890 na Escola de Graz. A supersoma não tem a percepção do lado por meio de suas partes; em outras palavras “A+B” não forma AB mas sim um terceiro elemento “C”, que possui características próprias. Já a transponibilidade é a percepção da forma independente dos elementos que o constituem. A forma é mais importante porque ela se sobressai. Quando você ver uma cadeira, você percebe primeiro o elemento “cadeira” independentemente dela ser de plástico ou de madeira!

É isso ai pessoal, esse é o segundo artigo da série de artigos “Conhecendo a Gestalt”, Quer conhecer mais sobre a Gestalt?
Leia o próximo artigo desta série clicando aqui!

Então se leu, gostou e entendeu ajudem o blog a crescer compartilhando este artigo em suas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *