ORIGEM DO MARKETING

O Marketing surgiu nos Estados Unidos após a II Guerra Mundial sendo conhecido na época por Market Studies, porém aqui no Brasil veio a ser conhecido como mercadologia e mercancia. Após a segunda grande guerra os consumidores começaram a exigir mais dos produtos e serviços oferecidos pelo mercado.

Essas exigências resultaram na revelação de novos processos tecnológicos para a sociedade norte-americana, que queria mais qualidade e conforto nos produtos e serviços oferecidos, com isso as organizações precisaram conhecer melhor o seu cliente, qual era as suas necessidades e o que eles realmente procuravam em seus serviços e etc.

Pouco tempo depois foi percebido uma certa limitação no termo Market Studies, por isso que passaram a utilizar um novo termo criado, sendo este o hoje conhecido Marketing, que tinha como significado mercado e tudo o que pudesse envolve-lo estaria contido no “marketing”, uma palavra que abrangeria o mercado em geral, análise de clientes, concorrentes, precificação, pesquisa entre outros.

“O conceito contemporâneo de marketing engloba a construção de um satisfatório relacionamento a longo prazo do tipo “ganha-ganha” no qual indivíduos e grupos obtêm aquilo que desejam e necessitam. O marketing se originou para atender as necessidades de mercado, mas não está limitado aos bens de consumo. É também amplamente usado para “vender” ideias e programas sociais. Técnicas de marketing são aplicadas em todos os sistemas políticos e em muitos aspectos da vida.”
Texto retirado do Wikipédia

Já no Brasil o medo da expressão marketing não se integrar no vocabulário popular dos brasileiros causou um terrível engano quanto a substituição da palavra marketing as outras duas palavras as quais não abrangem todo o conceito cujo essas são: Mercadologia e Mercancia. Porém o termo “Marketing” surgiu através do professor Karl A Boedecker, em São Paulo, na Fundação Getúlio Vargas, na década de 50.

Voltando um pouco na história veremos que as estratégias se baseavam apenas na intuição e na prática, mas com a evolução das ciências humanas e principalmente da psicologia os estudos sobre o tema se aprofundaram, assim aparecendo novas técnicas para atrair clientes baseando-se em pesquisas sobre o comportamento e o perfil do consumidor.

Em 1949 Neil Borden criou a “Teoria de Borden” e Jerome McCarthy, professor da Universidade de Michigan, aprimorou essa Teoria a resumindo em 4 grupos conhecidos como “Pilares do Marketing” ou “4 Ps” sendo esses: Product (Produto), Price (Preço), Promotion (Promoção) e Place (Ponto de venda).

Com a aparição da internet facilitando assim o acesso as informações e a bens de consumo equivalentes e com preço mais acessível as empresas passaram a se preocupar em fidelizar os clientes, agora o desafio era agregar os valores à marca e encantar o consumidor. Porém a facilidade da comunicação na internet tornou o consumidor mais consciente dos seus direitos e dos deveres da empresa para a sociedade e natureza, tornando-se assim mais exigentes e as empresas precisaram se preocupar ainda mais em preservar ou construir uma boa imagem e para isso a Comunicação Visual vem se tornando um aliado precioso do Marketing!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *